Home Tour Brasil é campeão do Sul-Americano Sênior no Chile
0

Brasil é campeão do Sul-Americano Sênior no Chile

0
0

brasil-campeao-sulamericano-seniorO Brasil foi campeão por equipes do 38º Campeonato Sul-Americano de Golfe Sênior, disputado de terça a sexta-feira, 25 a 28 de outubro, em três campos de Santiago no Chile. Roberto Gomez foi ainda campeão geral scratch, com 233 (72/75/76) tacadas, e Marcelo Stallone foi vice-campeão, com 225 (76/75/74).

Participaram da competição 44 golfistas da Associação Brasileira de Golfe Sênior (ABGS), que representou o Brasil em Santiago.

A equipe principal do Brasil teve ainda Carlos Cândido (81/76/80) e Ruy Reinert (89/93/92), que não chegaram a pontuar para o time. Gomez e Stallone fizeram também dobradinha na categoria de 55 a 59 anos scratch e entre os de handicap até 5. Cândido e Stallone dividiram o primeiro lugar no net e Cândido foi o primeiro na categoria com handicap índex de 7 a 13. Eles jogaram no campo do Los Leones, reservado para os seniores com handicap até 13.

No Prince of Wales Country Club, onde jogaram os de handicap intermediário (14 a 22), nas classificações scratch, Ricardo Sánchez foi vice-campeão de 55 a 59 anos; Sumio Ono foi terceiro na 65 a 69; e Nivaldo Gerais venceu e Wataru Hibino ficou em terceiro na 70 a 74 anos. No net, Nivaldo Gerais foi vice-campeão de 55 a 59 anos; Ono terceiro na 65 a 69 anos; e Nivaldo e Hibino novamente primeiro e terceiro, na sua faixa etária. Ainda nesse campo, o Brasil foi vice-campeão da Copa Brasil com a equipe formada por Claudio Kiryla, presidente da ABGS, José Marum, José Rodrigues e Nivaldo. Na Copa Manuel Délano Ramos, o Brasil ficou em terceiro com Celso Teixeira, Lauvir Barboza, Belmiro Rabaiolli e Mauro Ávila. Na subcategoria de handicap de 18 a 22, Nivaldo foi o campeão e Belmiro o terceiro colocado.

No campo do Sport Frances Club de Golfe, onde jogaram os de handicaps mais altos (23 a 32), nas classificações scratch, Ramón Santos foi vice na 55 a 59 anos; Takehiko Kojima terceiro na 70 a 74 anos; e Satoshi Kurita terceiro na 75 anos ou mais. No net, Walter Taurisano foi terceiro no geral; Ramón Santos terceiro na 55 a 59 anos; e Taurisano mais uma vez terceiro, na 75 anos ou mais. Nesse clube, o Brasil foi ainda terceiro na Copa Uruguai, jogando com Synval Moraes, Taurisano, Ramón e João Guimarães. Entre os de handicap 23 a 27, Kojima foi terceiro colocado.