Home Notícias HONDA OPEN- CAMPEONATO BANDEIRANTES: ANDREY XAVIER LIDERA À FRENTE DOS PROFISSIONAIS
0

HONDA OPEN- CAMPEONATO BANDEIRANTES: ANDREY XAVIER LIDERA À FRENTE DOS PROFISSIONAIS

0
0
Fonte: F2 Comunicação – Assessoria de Imprensa

Amador número 3 do Brasil fez seis birdies para abrir duas de vantagem, no Lago Azul GC

Resultados oficiais: https://cbg.bluegolf.com/bluegolf/cbg20/event/cbg207/contest/22/leaderboard.htm
Fotos em anexo: por Ricardo Fonseca/F2 Comunicação

Andrey Xavier, do Belém Novo GC (RS), o amador número 3 do Brasil, fez seis birdies para jogar 69 tacadas, três abaixo, e assumir a liderança isolada do Honda Open – Campeonato Bandeirantes de Golfe, torneio válido para o ranking mundial amador de golfe (WAGR), que teve a sua primeira rodada disputada nesta sexta-feira, 13 de março, no Lago Azul Golf Club, em Araçoiaba da Serra, na Região Metropolitana de Sorocaba (SP). Nesta sexta-feira jogaram apenas os profissionais e os amadores scratch. Homens e mulheres com handicaps mais altos só estreiam neste sábado. O torneio abriu o Circuito Honda de Golfe que terá oito torneios na temporada.

Andrey, abriu duas tacadas de vantagem sobre dois profissionais: Pedro Nagayama, do São Fernando, e Rafael Barcellos, do São Paulo GC, que jogaram 71, uma abaixo, e foram os outros únicos entre 48 participantes – 15 profissionais e 33 scratches, que competem juntos pelo título geral masculino do Bandeirantes – a quebrar o par do campo. Andrey, que fez um duplo bogey-6 no buraco 5, aproveitou os três primeiros pares 5 do campo, mas no quarto, o 18, onde chegou ao green em duas tacadas, deu três putts.

Mais destaques – Nagayama, que perdeu o prazo de inscrição e só entrou no torneio pela seletiva, foi um dos que jogou mais cedo. Ele fez birdie no 18, seu terceiro do dia, para jogar uma abaixo e empatar com Barcellos, que fez quatro birdies e três bogeys. Herik Machado, profissional do São Paulo GC, foi um dos três empatados em quarto lugar, no par do campo. Herik jogou três acima de ida, mas recuperou as tacadas com um birdie no 14 e um eagle-3 no 18.

Também jogaram o par do campo Daniel Kenji Ishii, do Itanhangá (RJ), número 3 do Brasil, que bateu o drive para fora de campo no buraco 17 e não escapou do duplo bogey, e Felipe Hasson, do Graciosa (PR), que fez caminho inverso, terminando com três birdies nos últimos cinco buracos. Thomas Choi, do São Paulo, amador número 1 do Brasil, abriu o torneio com um duplo bogey e fechou com um 9, no buraco 17, de par 5, onde bateu dois drives para fora de campo e só achou a raia com um ferro, sua quinta tacada. Ainda fez bogey no 18 para jogar 78, seis acima, em 19º lugar.

Gui Grinberg, do São Paulo, mas que é “local player”, no Lago Azul, clube que o revelou, e defende o título ganho em 2019, fez bogey no 18 para jogar 73 e empatar em sétimo com o também amador Matheus Park, do Paradise, e o profissional Adriel Marques. Dos três estrangeiros convidados o melhor, em 13º lugar, foi o chileno Clemente Silva, que jogou 76 com duplo bogey no 18.

Fotos em anexo: por Ricardo Fonseca/F2 Comunicação

Feminino – Entre as mulheres, Meilin Hoshino, do São Paulo, a número 1 do Brasil, saiu na frente ao jogar 73, uma acima do par, e abrir uma de vantagem sobre a argentina Faustina Pergolini, que jogou 74. Bia Junqueira, do Itanhangá (RJ), que começou com um triplo bogey -7 no buraco 1, vem em terceiro, com 75 (+3), seguida pela uruguaia Jimena Vazquez, com 76.

Esse grupo abriu boa vantagem sobre a quinta colocada, a coreana Isu Choi, do Lago Azul, que está em quinto, com 81, e duas jogadoras empatadas com 83: Manu Barcellos, do Quinta da Baroneza, e Marina Nonaka, do Arujá. A argentina Antonella Omisolo está em oitavo, com 84.

 

 

Fonte: F2 Comunicação – Assessoria de Imprensa