Home Turismo Califórnia: lugar abriga alguns dos melhores campos americanos e paisagens naturais singulares
0

Califórnia: lugar abriga alguns dos melhores campos americanos e paisagens naturais singulares

0
0

por_ Prisca Taruffi

Se você está planejando uma viagem ao sul da Califórnia, além de San Diego, não pode deixar de conhecer Borrego Springs. Trata-se de uma típica cidade californiana dos anos 1950, imersa no deserto de Anza-Borrego, o maior parque estadual da Califórnia, a pouco mais de duas horas a nordeste da metrópole mais ao sul do estado. Cheguei a Borrego depois de uma pequena parada na famosa La Quinta, localizada no município de Riverside. Bem na hora de acompanhar as etapas finais do Desert Classic, uma competição em que Phil Mickelson, grande mito californiano do golfe, é de fato o embaixador da marca.

Depois do torneio, com um pouco de sorte consegui jogar no esplêndido Stadium Course do PGA West, realizado por Pete Dye e considerado um dos 50 mais belos campos públicos americanos, que no passado sediou por mais de cinco anos o Skins Game. Junto com o Nicklaus Tournament Course, faz parte do PGA Resort, enquanto outros supercampos, como o Arnold Palmer e o Tom Weiskopf, são privados e, portanto, reservados aos membros e seus convidados.

Reflexos na água: vista do buraco 17, no campo do TPC do PGA West. Inaugurado em 1986, em Borrego Springs, é uma obra-prima de Pete Dye e um dos 50 mais belos campos públicos americanos | Foto: Golf & Turismo

O Stadium provou ser um percurso muito difícil, não muito longo, mas cheio de armadilhas, começando com as muitas bancas espalhadas por todo o percurso, tornando-se um desafio por causa dos mounds em todo o lado.

Aqui a grama bermuda é a rainha e, graças ao clima favorável, nasce forte e exuberante, criando um contraste harmonioso com o verde dos fairways e dos greens extremamente bem conservados. Os últimos três buracos, 16, 17 e 18, são uma verdadeira obra-prima. No último dia da minha estadia na área fui conhecer o Mountain Course, um dos percursos mais cênicos da La Quinta, que serpenteia pelas montanhas vermelhas e fascinantes. Uma experiência única.

Silêncio e estrelas em Borrego Springs
Depois, seguindo o meu instinto, aventurei-me no deserto californiano até chegar a Borrego Springs, de cuja beleza um querido amigo de Roma tanto tinha me elogiado. Um lugar mágico, não contaminado, com pouco mais de 2.500 habitantes, onde tudo flui tranquilamente. Sem trânsito, nem mesmo um semáforo. Um famoso explorador espanhol, Juan Bautista de Anza, descobriu este lugar em 1774, então batizado de “borrego” (ovelha), animal protegido neste deserto repleto de ravinas, oásis de palmeiras, canyons estreitos e morros pontilhados de cactos. Exemplo perfeito de geologia viva, ainda hoje modificado pela erosão constante das águas das cheias, esse lugar merece ser descoberto – melhor ainda ao volante de um 4×4 com chassis alto e pneus off-road.

Em Borrego Springs, entre as décadas de 1930 e 1950, o jet set internacional e os atores mais famosos, entre os quais Marylin Monroe, costumavam se refugiar no pequeno hotel The Palm em busca de paz e solidão. Mais tarde, um grupo de VIPs, liderado por Frank Sinatra, mudou-se para Palm Springs, a apenas 50 quilômetros de distância, onde foi dado início à construção de megamansões e dezenas de campos de golfe.

Lindo green do buraco 18 de Rams Hill, fotografado durante o pôr do sol | Foto: Golf & Turismo

Borrego Springs também tem seus próprios campos, três no total, incluindo Rams Hill, uma verdadeira pérola no deserto. No início dos anos 1980, o campo, desenhado por Ted Robinson, tinha 27 buracos. Depois de altos e baixos econômicos e mudanças de propriedade, o percurso foi redesenhado por Tom Fazio, em 2017, criando 18 buracos incríveis, incluindo o nº 5, um longo par 3 bem defendido pelos obstáculos de água, e o buraco 11, par 5 em declive com vistas espetaculares das montanhas cor-de-rosa de Borrego. O driving range também encanta, graças à zona de aproximação e aos target green posicionados em vários níveis, com posições em dois batedores opostos.

Mesmo situado no meio de um deserto, não falta água nesse percurso: obstáculos, lagos e mesmo uma pequena cachoeira na chegada do buraco 18 são alimentados por várias fontes, que produzem água suficiente para permitir uma manutenção extraordinária, recompensada por vários prêmios. Além disso, graças a essas características, Borrego Springs foi recentemente classificado pela Golfweek como o terceiro Golf Resort da Califórnia, atrás de Pebble Beach e Torrey Pines.

San Diego e Torrey Pines
A respeito dessa última rota famosa, depois de me aventurar no deserto de Anza-Borrego, eu queria voltar à civilização e conhecer o estilo de vida da animada San Diego. Não se trata da clássica metrópole americana, pois aqui é tudo “fácil”, tanto para dar um rolê como para roteiros mais complexos, graças a um clima ameno 12 meses por ano; todos sorriem e parecem menos estressados do que no resto do mundo. Na área de San Diego há mais de 60 campos de golfe públicos e privados, e é claro que eu não poderia perder um passeio por Torrey Pines, um dos mais famosos campos públicos da Califórnia, que pertence à cidade de San Diego e é gerenciado diretamente por ela.

Buraco 18º do Mountain Course, em La Quinta | Foto: Golf & Turismo

Todos os anos, no final de janeiro, acontece o habitual Farmers Open. Torrey Pines, com seus dois percursos, Norte e Sul, é uma máquina de guerra com tee times reservados com até três meses de antecedência. Normalmente é possível jogar seguindo a fórmula de shot-gun simultaneamente nos dois percursos, começando às 6h15 da manhã. Se a neblina permitir, é possível completar os dois percursos no mesmo dia.
O percurso Sul (em reformas até agosto) é certamente mais desafiador e mais longo, enquanto o percurso Norte se revela mais cênico, com um maior número de buracos com vista para o oceano. No fundo é possível ver La Jolla, uma das áreas mais chiques e divertidas de San Diego. Ao longo do caminho, destacam-se os altos pinheiros marinhos, que dão nome à cidade, típicos da região e não encontrados em outros lugares. Sugiro que você tire um tempo para visitar a loja mega pro, com todos os tipos de gadgets e preços, com destaque para camisas polo, bonés, óculos e bolas, todos estritamente registrados. São também bonitos os postais com fotos dos buracos mais espetaculares, como o 3 e o 4, do percurso Sul, e o 15 e o 16, do percurso Norte.

O barato desse lugar é que, sendo tão extenso, e apesar de um público muito grande, ele permite que você acompanhe a competição (é claro, correndo um pouco) e veja os grandes campeões sem muito esforço. Em 2021, Torrey Pines voltará a sediar o U.S. Open, com Tiger Woods como o superfavorito, considerando sua volta triunfal aos mais altos níveis e sua grande afinidade com esse campo de golfe. Poderia ser realmente uma boa ocasião para voltar a visitar esses lugares.

Buraco 1º do Stadium Course, durante o PGA West | Foto: Golf & Turismo

Para dormir em Borrego Springs
Rams Hill
Stay and Play (casas e mansões de vários tamanhos dentro do campo de golfe)
La Casa del Zorro
Desert Resort & Spa (localizado logo fora do campo de golfe)
Palm Canyon Hotel
Pequeno hotel de estilo Far-West. Há também um camping.

O que visitar em Borrego Springs
Font’s Point
O Bryce Canyon. Vale organizar a visita ao nascer ou ao pôr do sol, para apreciar as suas vistas e cores.
Clark’s Dry Lake
Um lago desértico nos arredores da cidade de Borrego.
Borrego Palm Canyon
Um caminho para descobrir palmeiras nativas que crescem e vivem no deserto, alimentadas por nascentes subterrâneas.
Galleta Meadows Sculptures
Esculturas de metal representando animais gigantes criadas pelo artista Ricardo Breceda e espalhadas por diferentes lugares fora de Borrego.
The Slot
Chegando de jipe dentro do canyon, entre as rochas do deserto, começa uma minicaminhada acessível a todos.

San Diego – O que visitar
Zoológico de San Diego
Um dos mais bonitos do mundo, onde existem pandas gigantes.
Hotel del Coronado
Conjunto de cenas do filme “Some like it hot”.
Balboa Park
Considerado o pulmão verde de San Diego, acolhe exposições e eventos culturais.
Sea World
Parque temático sobre o mundo marinho.

Onde comer
Carnitas’Snack Shop
Sucesso entre os habitantes locais, o menu muda todos os dias, dependendo dos produtos frescos encontrados e dos ingredientes disponíveis.
Il Pescatore em Del Mar
É como entrar num mercado de peixe: você olha e escolhe o peixe que será cozinhado na hora.
Mister A’s
Os aviões proporcionam um espetáculo inesquecível nos céus de San Diego.
Ironside Fish & Oyster
Localizado no simpático bairro Little Italy, é um típico restaurante estilo anos 1920, especializado em peixe e ostras.

Onde jogar
Clube de Golfe Rams Hill
1881 Rams Hill Rd, Borrego Springs, CA 92004, EUA
+1 760 767 3500 – www.ramshill.com
PGA West
56-150 PGA Blvd La Quinta, CA 92253, USA
+1 800-700-5944 – pgawest@pgawest.com – pgawest.com
Campo de Golfe Torrey Pines
11480 North Torrey Pines Road, San Diego, CA 92037 USA – +1 858 452-3226 torreypinesgolfcourse.com