Home Notícias Importância dos Comitês nos Clubes Brasileiros
0

Importância dos Comitês nos Clubes Brasileiros

0
0

Dentro das 124 páginas e 17 seções do Manual do Sistema de Handicap do USGA, você encontrará fórmulas, regras, procedimentos e gráficos. Porém, o elemento mais importante do sistema é o grupo de pessoas que mais estuda o manual: o comitê de handicap do seu clube.

Você sabe quem são seu presidente e membros do comitê de handicap?

Como jogador que possui um handicap índex, é vital que você conheça os indivíduos que precisam supervisionar o sistema de handicap do seu clube e quais são suas finalidades e políticas.

O comitê de handicap, que passa pelo processo da Confederação Brasileira de Golfe (CBG) para se tornar certificado e licenciado para que seu clube possa administrar o sistema adequadamente é responsável por garantir que o jogo seja disputado de forma justa e equitativa.

Um funcionário do clube pode atuar no comitê, mas o presidente do comitê de handicap deve ser membro do clube. Dessa forma, o ônus de atestar os handicaps fica sob a responsabilidade de outros membros. A revisão por colegas é mais apropriada e eficaz (não envolvendo nenhum conflito de interesses) do que a revisão de um profissional todas as vezes!

Como o golfe é um jogo de honra e espera-se que os jogadores acusem as suas próprias penalidades, todos nós somos responsáveis por “proteger o campo”. Seu handicap pertence a todos em seu clube e vice-versa.

Tão importante é esse código que até uma leve desconfiança pode tornar-se desconfortável sobre um golfista. Embora alguns jogadores possam achar comum acusar infrações de Regras de Golfe, esses mesmos jogadores têm mais dificuldade em questionar se um score foi lançado corretamente para fins de handicap. O seu comitê de handicap dirá que o sistema de handicap é um conjunto de regras, e não apenas diretrizes. Todos os jogadores portadores de handicap devem ser desafiados a defendê-lo.

Você sabe quais são os poderes e responsabilidades do seu comitê de handicap?

Alguns acham surpreendente que penalidades possam ser aplicadas para quem não entregar o cartão e o comitê pode fazer isso sem notificar o jogador.

Você sabia que o seu comitê tem a obrigação de ver que todos no clube têm um índice de handicap que representa o melhor desempenho dos jogadores?

Eles podem modificar um índice para cima ou para baixo por uma série de razões. Eles podem até revogar completamente o índice de um jogador – e aqui está outra afirmação surpreendente –, porque nenhum jogador tem direito inerente a um handicap.

Outra importante responsabilidade do comitê é a da educação. Mesmo os membros que jogam golfe há muitos anos podem ser facilmente confundidos com as complexidades do sistema de handicap e precisam de assistência. Muitas vezes, a orientação quanto ao handicap envolve não apenas aprender algo que você nunca ouviu antes, mas é realmente deixar para trás alguns tabus.

Embora tudo isso pareça muito sério e você possa questionar: o golfe não deve ser divertido?

Você pode estar certo de que é a justiça que permite a diversão. Com um forte comitê de handicap, você pode participar de torneios e se divertir sabendo que teve a oportunidade de competir em igualdade de condições.

Questões? Entre em contato com o nosso Departamento de Handicap.