Home Notícias Argentina se destaca no Amador do Brasil; brasileiro fica em terceiro
0

Argentina se destaca no Amador do Brasil; brasileiro fica em terceiro

0
0

19983988_1737598072921226_2862566415125788079_o

A Argentina foi o grande destaque do 87º Campeonato Amador de Golfe do Brasil, que terminou neste domingo no Clube Curitibano, em Quatro Barras (PR). Andres Schonbaum e Agustina Gomez Cisterna foram os campeões individuais da competição, válida para o ranking mundial, e a dupla de Schonbaum e Andres Gallego venceu a Taça Mario Gonzalez.

Schonbaum totalizou 277 tacadas (parciais de 71/71/67/68), contra 279 (72/69/68/70) do paraguaio Gustavo Silvero e 283 (71/71/68/73) do gaúcho Herik Machado, melhor brasileiro na competição.

“Estou muito contente com o título. Joguei com muita tranquilidade”, disse Schonbaum, de 26 anos. De certa forma, a vitória teve sabor de revanche: no final do ano passado, Herik Machado o derrotou na final do Amador da Argentina. “Hoje não joguei muito bem e não estava embocando bem”, disse Herik.

A dupla argentina levou o título da 10ª Taça Mario Gonzalez com 565 tacadas, contra 572 da dupla brasileira, formada por Herik e pelo paulista Pedro Nagayama. Este ano a Argentina igualou o número de vitórias do Brasil, cada um com quatro conquistas. Também participaram da disputa duplas do Chile, Colômbia, Paraguai, Equador e Uruguai.

No feminino, a vitória foi de ponta a ponta da argentina Agustina Gomez Cisterna, com um total de 288 tacadas (69/73/72/74), contra 293 (71/75/77/70) da paraguaia Anahy Belen Servin Pacua. A também paraguaia Viviana Maria Prette jogou 294 (71/72/76/75) para ficar em terceiro lugar. A melhor brasileira foi Laura Helena Caetano (DF), empatada em 7º com 311 tacadas.

O 87º Campeonato Amador de Golfe do Brasil contou com apoio do Comitê Olímpico do Brasil (COB) e com recursos da Lei Agnelo Piva. A organização foi da CBG, com apoio da revista Golf & Turismo, do Hospital Angelina Caron, da Federação Paranaense e Catarinense de Golfe e do Clube Curitibano.