Home Tour Herik Machado é tricampeão do Faldo Series South America
0

Herik Machado é tricampeão do Faldo Series South America

0
0

faldoO gaúcho Herik Machado foi tricampeão da categoria geral do Faldo Series South America Championship, disputada no domingo em Alphaville Graciosa Clube, em Pinhais (PR). Atual número 1 do Brasil, ele foi o único golfista a jogar abaixo do par nas três rodadas – foram voltas de 68, 66 e 68 tacadas, para totalizar 202, ou -14 em relação ao par do campo e uma vantagem de 9 tacadas em relação ao vice-campeão.

“Estou muito feliz. Minha meta agora é ser campeão da categoria geral na final mundial e lutar por um novo título no ano que vem, quando disputarei o Faldo pela última vez”, diz Herik, que no ano passado foi o campeão mundial da categoria até 21 anos, e vice-campeão da geral.

O sul-coreano Jinbo Ha, que começou a competição liderando após a disputa da primeira rodada, terminou em segundo com 211 (67/73/71).

Quatro competidores empataram em 3º lugar com 217 tacadas. Um deles, o gaúcho Andrey Xavier, foi também o campeão da categoria de 14-16 anos, depois de vencer o paulista Thomas Choi por uma tacada, no buraco 18 – o terceiro foi Guilherme Grinberg (SP).

Os outros três – Daniel Celestino (PR), Lucas Park (SP) e Guido Fraga (Argentina) disputaram um playoff para definir o título da categoria 17-18 anos, e Celestino levou a melhor após três buracos de desempate.

Laura Caetano (DF) totalizou 229 para ser campeã da categoria feminina de 17 a 21 anos. Lauren Grinberg foi a vice-campeão, com 234, seguida por Luiza Caetano, com 240. Entre as meninas de 14 a 16, a vitória foi de Ana Beatriz Cordeiro (PR), com 230, seguida por Maria Emilia Gomes Pereira (RJ) e Beatriz Junqueira (RJ), ambas com 244.

Os campeões Herik, Celestino, Andrey, Laura e Ana Beatriz ganharam o direito de representar o Brasil na final mundial do circuito, o Faldo Series Grand Final, que será disputado em local a ser anunciado.

Mini Faldo – Aconteceu também no Alphaville a disputa do Mini Faldo Series 2017, um incentivo aos jovens golfistas a participar de um evento de peso. Gabriel Gallego (PR) venceu a categoria 12-13 anos, com 236, seguido por Marcos Park (SP), com 240, e por Renato da Silva Filho (PR), com 242.

Pedro Miyata venceu de ponta a ponta entre os golfistas de até 11 anos, com 260. Lucas Medeiros (SP) foi o vice-campeão, com 268, e Aaron Reginato (Venezuela), foi terceiro, com 276. Meilin Hoshino venceu o Mini Faldo feminino, de até 13 anos, com 271,seguida por Luiza Rudy, com 325.

Todos os campeões – incluindo os do Mini Faldo – ganharam um prêmio inédito no golfe brasileiro: medalhas do programa Gols pela Vida, do Hospital Pequeno Príncipe, de Curitiba (PR). O programa de responsabilidade social criado pelo Complexo Pequeno Príncipe produziu 1.283 medalhas exclusivas em ouro, prata e bronze, uma para cada gol que o Rei Pelé fez na carreira. Cada campeão da Faldo Series e do Mini Faldo recebeu uma dessas das mãos Rodrigo Barp, representante do hospital.

“Foi um torneio de excelente nível técnico. Todos os participantes estão de parabéns”, disse Euclides Gusi, presidente da CBG, que participou da cerimônia de premiação ao lado de Matthew Faldo, filho de Sir Nick Faldo, Sakae Tamura, presidente da Federação Paranaense e Catarinense de Golfe, Cesar Augusto de Oliveira, presidente do Alphaville Graciosa, e Eduardo Rebel, capitão do clube.

O Faldo Series South America Championship foi organizado pela CBG e pela Faldo Series, com apoio do Alphaville Graciosa Clube, da Federação Paranaense e Catarinense de Golfe e do Hospital Pequeno Prínicipe. O torneio contou também com apoio do Comitê Olímpico do Brasil (COB), com recursos da Lei Agnelo Piva. O Faldo Series conta com apoio do R&A, European Tour, International Junior Golf Academy e valeu para os rankings mundial (WAGR) e brasileiro juvenil.